Grammy: apresentações, vencedores e polêmicas da edição deste ano

A última edição da maior premiação musical do ano aconteceu no domingo (12)

A edição de 2017 do Grammy Awards, a maior premiação musical do ano, aconteceu ontem (12), em Los Angeles.

(GettyImages)

(GettyImages) (/)

Entre os maiores vencedores tivemos David Bowie, com cinco prêmios por Blackstar, incluindo melhor música de rock e melhor álbum alternativo. Batendo Iggy Pop, Radiohead e PJ Harvey, esta foi a primeira vez que Bowie recebe Grammys dedicados especificamente a música — lembrando que estes também são os primeiros prêmios póstumos do artista. O músico Donnie McCaslin [na foto acima] recebeu prêmio de melhor performance de rock, em nome do Camaleão do Rock.

(GettyImages)

(GettyImages) (/)

Adele também venceu cinco vezes: Hello foi considerada a música do anogravação do anomelhor performance solo de pop. O disco 25 recebeu prêmio de melhor álbum do ano e melhor álbum pop vocal. A cantora também protagonizou uma cena bem humorada na última noite, quebrando o Grammy de melhor disco em duas partes, declarando que Beyoncé merecia levá-lo pelo trabalho em Lemonade.

(GettyImages)

(GettyImages) (/)

Como homenagem aos grandes nomes do mundo da música que partiram em 2016 (e olha que a lista não é pequena, infelizmente), John Legend uniu-se a Cynthia Erivo para uma versão de God Only Knows, do Beach Boys. Assista a seguir:

 

The Weeknd celebrou a volta de Daft Punk em grande estilo (detalhe: a dupla francesa de DJs não se apresentava ao vivo desde o Grammy de 2014. Também houve uma apresentação de Metallica e Lady Gaga — uma das parcerias mais inusitadas da história do evento. O microfone de James Hetfield, vocalista da banda, falhou em determinado momento, mas nada que arruinasse o show repleto de chamas. Clique aqui para ver o vídeo.

(GettyImages)

(GettyImages) (/)

Cage the Elephant recebeu o primeiro Grammy (como melhor álbum de rock por Tell Me I’m Pretty); Drake ganhou melhor canção de rap e melhor performance de rap/cantada por Hotline BlingChance the Rapper também levou a melhor, vencendo melhor artista novo, melhor álbum de rap e melhor performance de rap e, por fim, o compositor John Williams, vencedor de 5 Oscars e 4 Globos de Ouro, foi premiado pela melhor trilha sonora original de Star Wars: O Despertar da Força.