“Oito Mulheres e um Segredo” é um timaço de atrizes prontas para a ação

Elenco 100% feminino entra para pegar o lugar de George Clooney e seus amigos na franquia dos assaltos charmosos

oito mulheres e um segredo

 (Divulgação/Reprodução)

Longe das câmeras, ganhou força a batalha das mulheres de cinema e TV por igualdade de oportunidades e salários – sem falar no combate aos assédios.

Nas telas, elas também assumem papéis anteriormente interpretados por homens, como na grande produção Oito Mulheres e Um Segredo, com estreia no Brasil prevista para 7 de junho.

Não é um remake, mas um desmembramento da trilogia Segredo iniciada em 2001.

oito mulheres e um segredo

 (Divulgação/Reprodução)

As aventuras da gangue de pilantras estilosos de Danny Ocean eram uma recriação expandida do filme Onze Homens e Um Segredo, de 1960, com Frank Sinatra.

Nos três longas, o diretor foi Steven Soderbergh, o papel principal era de George Clooney, com seu fiel escudeiro Brad Pitt e um bando de amigões.

Já Oito Mulheres… vem com um novo grupo 100% feminino de experts do crime.

oito mulheres e um segredo

 (Divulgação/Reprodução)

Sandra Bullock faz a irmã perdida de Danny Ocean e planeja um ousado roubo de joias no baile de luxo anual MET Gala, em Nova York.

Sua equipe tem Cate Blanchett, Anne Hathaway, Rihanna, Helena Bonham Carter, Mindy Kaling, Sarah Paulson e Awkwafina.

oito mulheres e um segredo

 (Divulgação/Reprodução)

O octeto é de respeito, com vencedoras de quatro Oscar (dois de Blanchett, um para Bullock e Hathaway), dois Emmy (Paulson e Hathaway) e nove Grammy (todos de Rihanna).

Há o temor de que se repita o bombardeio na internet e o boicote nos cinemas que afundou Caça-Fantasmas, o spin-off feminino de 2016 da comédia dos anos 80.

A produção teve prejuízo estimado em 70 milhões de dólares, mas não inibiu outras tentativas de mudança de gênero nas telas (veja abaixo).

Indiana Jones e 007

Em 2015, Anna Kendrick bancou a Indiana Jones num clipe. Em 2016, Gillian Anderson e Emilia Clarke se ofereceram para ser a agente 007.

 

The Hustle (2018)

the hustle

 (Divulgação/Reprodução)

Anne Hathaway e Rebel Wilson em vez de Marlon Brando e David Niven (Dois Farristas Irresistíveis, 1964), e Steve Martin e Michael Caine
(Os Safados, 1988).

 

Perdidos no Espaço (2018)

perdidos no espaço

 (Divulgação/Reprodução)

O excêntrico Dr. Smith foi vivido por Jonathan Harris na série dos anos 60 e Gary Oldman no filme de 1998. No remake da Netflix, há a Dra. Smith (Parker Posey).

 

Doctor Who (desde 2017)

doctor who

 (Divulgação/Reprodução)

A cinquentenária série britânica chega à 13ª versão de Who com a atriz Jodie Whittaker, que estreou num especial de Natal no ano passado.

 

Caça-Fantasmas (2016)

ghostbusters

 (Divulgação/Reprodução)

A substituição do quarteto masculino de 1984 por um feminino foi um fracasso de bilheteria e grande alvo de intolerância na web.

 

Star Wars, terceira trilogia (desde 2015)

star wars

 (Divulgação/Reprodução)

Na prática, a personagem Rey (Daisy Ridley) assume a função de Luke Skywalker, o herói Jedi da trilogia clássica.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você