Túmulo de Eleanor Rigby será leiloado no Reino Unido

Por mais macabro que pareça, é um item único para a coleção de qualquer beatlemaníaco

elanor

 (Reprodução: EnglishFiles.com/Fonte padrão)

Imortalizada em uma música originalmente em Revolver, álbum dos Beatles de 1966, Eleanor Rigby foi enterrada em um cemitério em Liverpool, não por coincidência o berço dos “garotos” John Lennon e Paul McCartney.

A canção também entrou como o Lado B de Yellow Submarine, em 1966.

A história do nome dado à canção, de acordo com Paul, era somente um que ele escolheu aleatoriamente.

Não por coincidência (talvez fruto do subconsciente?), descobriu-se que Eleanor Rigby estava escrito em uma lápide no cemitério por onde ele e John cortavam caminho.

Acontece que o certificado de compra do espaço para o túmulo será macabramente leiloado — e parece ser o presente perfeito para qualquer beatlemaníaco.

Acompanhado de uma bíblia em miniatura (datada de 1899 e com o nome de Eleonor dentro), espera-se que os itens tenham lances entre 2 mil e 4 mil libras.

Além disso, será colocada para leilão a partitura original da canção, assinada pelo produtor George Martin e por McCartney. O lance esperado? Cerca de 20 mil libras.

Os lotes serão disponíveis no Leilão de Memorabilia dos Beatles, em 11 de setembro, na cidade de Warrington (Inglaterra).

 

Eleonor está enterrada no mesmo túmulo que vários membros da família. Ela morreu em 10 de outubro de 1939, com 44 anos.