“O homem de confiança do Tite é a equipe”, diz Philippe Coutinho

Em véspera de convocação para a Copa, o craque e embaixador de uma linha de fragrâncias de Hugo Boss fala sobre Tite, Neymar e sua carreira

Philippe Coutinho

 (Luis Barta / Hugo Boss/Divulgação)

 

Novo embaixador da Boss Parfums, a linha de fragrâncias de Hugo Boss, o craque Philippe Coutinho conversou com a VIP de Barcelona, por telefone, sobre a contagem regressiva para sua primeira Copa do Mundo, que começa dois dias depois do 26º aniversário dele. O atacante do clube catalão falou de Tite, Neymar e de sua afirmação na carreira.

 

Quanto ao seu estilo de se cuidar, você é mais clássico ou mais moderno?

Eu gosto de ver as coisas do momento, mas eu gosto de um estilo moderno sem chamar atenção. A fragrância Boss é incrível e eu fico orgulhoso de fazer parte desse time e usar o perfume sempre em momentos especiais.

 

Quais foram seus melhores parceiros de ataque? E o melhor?

Tive vários bons jogadores com quem joguei junto. Tenho o Neymar na Seleção. No clube, jogar com Messi e com Suárez é incrível. É muito difícil falar de um só.

 

Quem é o Neymar para você?

O Neymar é um fenômeno dentro e fora do campo. Um cara gente boa, simples. Conheci ele há muito tempo. Hoje ele conquistou todo mundo e segue sendo a mesma pessoa sensacional.

 

Philippe Coutinho

 (Luis Barta / Hugo Boss/Divulgação)

 

Como sua experiência nas seleções de base ajudou na chegada à seleção principal?

Você fica ambientado ao clima de seleção desde cedo, vê como funcionam as coisas. Todo mundo tem a mentalidade de vencer desde a base e isso vai nos preparando para chegar à [seleção] principal. Desde o sub-15 e o sub-20 foi assim.

 

Até hoje, qual foi seu melhor técnico?

Melhor técnico? Tive ótimos. Klopp na Inglaterra [no Liverpool], Pochettino na Espanha [no Espanyol]. O Tite é o melhor porque o jeito que ele trabalha é incrível. Nunca vi ninguém fazendo o que ele faz. Ele faz com que todo mundo se sinta importante. Está a todo tempo motivando. Às vezes, muitos treinadores não fazem isso. Ele também está sempre ligado nos outros times.

 

E qual o melhor conselho que ele te deu?

Levo comigo quando ele disse para eu ser eu mesmo, para jogar feliz sem me importar com nada.

 

Philippe Coutinho

 (Luis Barta / Hugo Boss/Divulgação)

 

O que você que é essencial para virar o homem de confiança do Tite?

O homem de confiança do Tite é a equipe. Ele frisa muito isso e todos os jogadores do grupo entenderam. O que pode fazer a diferença é a equipe.

 

O que representa para você chegar ao Barcelona em um ataque que tinha o Neymar?

Bom, chegar aqui foi um sonho. Jogar com essa camiseta sempre foi um sonho muito grande, tive muitos ídolos aqui. Sempre sonhei em vir pra cá e ganhar aqui, é um prazer e uma felicidade.

 

Por que você subiu tanto de rendimento quando chegou ao Liverpool [em 2013]? O que mudou?

Eu cheguei à Itália em muito jovem [aos 18, para jogar na Inter de Milão]. Eu tinha muita expectativa, as coisas não aconteceram como eu queria e a confiança foi lá embaixo. Mentalmente, eu não era tão forte. Isso pode ter atrapalhado um pouco. Quando fui pra Inglaterra, já estava mentalmente mais forte. Tive mais oportunidades e as pessoas tiveram mais paciência comigo. A partir daí, as coisas foram melhorando.

 

Philippe Coutinho

 (Luis Barta / Hugo Boss/Divulgação)

 

Você faz 26 anos dias antes de começar a Copa. Ela vai ser o seu presente?

Ser campeão da Copa do Mundo seria o maior presente de todos, depois do nascimento da minha filha.

 

O Liverpool chegou à final da Champions League meses depois de você ter ido para o Barcelona. Em algum momento bate arrependimento?

Foram cinco anos maravilhosos no Liverpool e na minha vida. Conquistei respeito, minha filha nasceu lá. Mas arrependimento? Nenhum. Sempre falei que vir para o Barcelona foi meu sonho e estou muito feliz aqui.