Sucesso de vendas, Rio Open terá três tenistas do top 10 de 2017

Mesmo com poucos brasileiros, torneio convence por oferecer outros atrativos como: números musicais e área gastronômica

Rio Open Arena

 (Rio Open/)

Não haverá o espanhol Rafael Nadal como no primeiro Rio Open, em 2014 — por sinal, o atual número 1 do ranking ganhou aquele torneio.

Mas, em seu quinto ano, a competição do circuito ATP World Tour 500 terá três tenistas que fecharam 2017 no top 10.

Com nove quadras de saibro montadas no Jockey Club Brasileiro, no bairro da Gávea, o evento esportivo terá jogos de simples e duplas masculinas de 19 a 25 de fevereiro, na sequência do Carnaval.

No torneio de simples, com 32 tenistas, o mais alto ranqueado é justamente o campeão do Rio Open do ano passado, o austríaco Dominic Thiem.

Ele terminou 2017 em quinto no ranking da ATP. A seguir, o croata Marin Cilic, que acabou o ano em sexto e, em janeiro, eliminou Rafael Nadal no Aberto da Austrália — o espanhol desistiu por dores, mas estava perdendo o quinto set por 2 x 0.

Outro que virou o ano entre os dez melhores e virá ao Rio é o espanhol Pablo Carreño Busta, que era o décimo colocado.

O Brasil terá na disputa Rogério Dutra Silva, atual melhor do país. “O Rio Open é o maior torneio da América do Sul e é em casa, com nossa torcida do lado”, disse Rogério.

O complexo no Jockey terá atrações paralelas: shows, exposição, opções gastronômicas e área VIP.

Até 10 de fevereiro, os ingressos serão vendidos apenas pela internet. Os preços variam de acordo com a fase do torneio.

De 19 a 22, os valores vão de 30 a 250 reais. No dia 23, preços de 350 e 400 reais.

No sábado, as semifinais valem 450 e 500 reais. E a final de domingo, 25, custa 500 e 550 reais.

Este ano o torneio vive seu melhor ano de vendas. Já está com duas sessões “sold out”  (sexta e sábado) e a compra de tickets de janeiro, comparado com janeiro de 2017, foi 35% maior.

Para os que não poderão curtir as partidas in loco, canal SporTV exibirá ao vivo todos os duelos da quadra central.

 

 

Fique de olho neles — os brasileiros para prestigiar e o campeão do ano passado

*Bruno Soares

Rio Open Bruno Soares e Jamie Murray

 (Youtube/)

Com o escocês Jamie Murray, o brasileiro Bruno (à esq. na foto) já foi 1º do ranking mundial de duplas em 2016

 

*Rogério Dutra Silva

Rio Open Rogério Dutra Silva

Em 1º no ranking nacional, acabou 2017 como 101º do mundo. Em janeiro, subiu a 98º do mundo.

 

*O campeão

Rio Open Dominic Thiem

O Rio Open foi o único título de Dominic Thiem (abaixo) em 2017. Ele derrotou Pablo Carreño Busta na final.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você