6 motivos para você (literalmente) rir muito 

Sorrir é sempre um bom negócio - e ainda faz bem à saúde! 

Os seres humanos e os chimpanzés são os únicos animais que mostram os dentes num gesto amistoso. Nossa vantagem é que podemos também rir e gargalhar – o que traz vários benefícios, como garantir sucesso com as mulheres. Um estudo publicado na revista Evolutionary Psychology revela que mulheres em busca de compromisso sério tendem a achar homens sorridentes mais confiáveis e, por isso, atraentes. Já caras com expressão neutra foram considerados interessantes apenas para um encontro casual. Quer mais motivos para descartar o sorriso meia-boca? Damos seis.

Faz bem à saúde

//giphy.com/embed/3X5C68GcAnI7m

Sorrir libera serotonina – neurotransmissor que traz sensação de bem-estar e melhora o humor -, combate o estresse e ajuda nas relações interpessoais. Além disso, estudos mostram que má higiene e doenças bucais podem estar associadas a doenças do coração, a segunda maior causa de morte no Brasil. De acordo com uma pesquisa do Instituto do Coração (Incor), 45% dos problemas cardíacos tinham origem na cavidade bucal, em decorrência de cáries com comprometimento do canal, gengivas inflamadas, resíduos de dente e abscessos.

VEJA TAMBÉM:

Causa boa impressão

Mostrar os dentes está ligado à simpatia, alegria, disposição e energia positiva. “O sorriso é um dos mais importantes elementos do senso de identidade. Ele expressa o que a pessoa é”, afirma Philip Hallawell, visagista (especialista em harmonia visual) de São Paulo. Mais: segundo Meiry Kamia, psicóloga e coach de carreira de São Paulo, a primeira impressão é formada nos três primeiros segundos de contato. “Tudo que a boca expressa, fora as palavras, é compreendido emocionalmente e percebido pelo outro em poucos segundos, criando impressão imediata de simpatia ou antipatia.”

Ajuda no flerte

//giphy.com/embed/DsFhEEGzo9LVu

Você mostra que a outra pessoa é bem-vinda. “Significa sinal verde para a aproximação”, ressalta a psicóloga. “Além disso, nas relações interpessoais, sorrir torna a pessoa mais atraente, aumentando as chances de estabelecer novos relacionamentos.”

Alavanca sua carreira

//giphy.com/embed/3oEjHQmvkaHgKaXhWE

Seus movimentos são observados em processos seletivos: o avaliador analisa muito a postura do entrevistado. “Cinquenta e cinco por cento das informações que transmitimos estão ligadas à expressão facial, muito mais que às palavras, que são 7% do total”, diz a coach de carreira.

Vai além dos lábios

“O hálito tem muito impacto nas relações pessoais. Mantê-lo em ordem é essencial”, diz Pannucci. Os problemas bucais mais comuns são gengivite, cárie, periodontite e amarelamento. Pior: os homens são mais suscetíveis a eles. De acordo com um artigo publicado no Journal Periodontology, homens apresentam maior porcentagem de regiões com placa (cerca de 68%) do que as mulheres (58%). E também mais acúmulo de tártaro – cerca 37% neles e 27% nelas. A prevalência de periodontite (doença que afeta os tecidos de suporte do dente) aparece em 38% das regiões dos dentes deles; nas mulheres, corresponde a 28%.

É seu melhor cartão de visita

//giphy.com/embed/Um8GHEVNOcewE

 

A boca é o ponto focal do olhar alheio. Só de abri-la, sem falar nada, já dizemos muito sobre quem somos. “Se houver dentes desalinhados, desgastados, sujos ou quebrados, transmitimos má impressão”, diz o visagista. E não é só: “Um sorriso bonito pode passar uma imagem de que o indivíduo tem hábitos saudáveis de higiene bucal, é cuidadoso e responsável”, afirma Claudio Pannucci, professor doutor de periodontia da Universidade de São Paulo.