Babilônia da moda

Diretor criativo da Babel, Samuel Duek ensina como ser estiloso no inverno

Babilônia da moda

SAMUEL DUEK começou a trabalhar com moda aos 17 anos, estudando fotografia na Panamericana Escola de Arte e Design. Mudou-se para a Europa e fez cursos no Instituto Marangoni de Milão. Ao voltar ao Brasil, foi gerente de produto e estilista da linha masculina da Forum e da Triton. Também ministrou o primeiro curso de stylist pela Faap em 1999 e atualmente é diretor de criação da marca masculina Babel por Samuel Duek.

O que os homens podem achar na Babel? A loja existe desde 2007 e além de termos uma linha própria também vendemos marcas como Hussein Chalayan e Alexander McQueen para Puma, D’arouche e Lacoste L!VE. Nosso perfil de clientes são homens de 30 a 50 anos que têm profissões tão variadas quanto arquitetos, advogados, galeristas e artistas em geral.

Como você define o estilo do homem brasileiro? Quais as principais qualidades e defeitos? Acredito que os dois principais estilos são: malandro carioca ou exatamente o oposto, o cara que é básico demais. Sobre as qualidades, os homens daqui são mais sexy e têm um ótimo senso de humor. Já os defeitos são pouca personalidade na hora de se vestir e falta de estilo próprio!

Quais as principais tendências de inverno para a marca? Tecidos clássicos e modelagem contemporânea na alfaiataria. Ponchos, calças clássicas com joelheiras e botas brogues.

A Babel é reconhecida pelos acessórios coloridos e estampados. Como combiná-los com o restante da produção? Use a combinação ton sur ton [tom sobre tom], ou estampas e tecidos da mesma família de cores.

Quais suas peças favoritas na coleção? Camisas e calças com detalhes inusitados e botas e tênis de cano alto.

Que dicas de estilo você pode dar ao homem brasileiro? Nunca compre pensando em marcas, e sim em estilo! Seja mais aberto a novidades, sem preconceitos de cor, por exemplo, e preste atenção nos homens europeus, já que os americanos são mais casuais, quase largados.

Como ser elegante no inverno? Dê preferência por tecidos naturais, como lãs e algodão. Escolha cores dependendo da situação e do clima: dia frio com sol, cores neutras; tempo fechado, tanto para o dia quanto para a noite, cores mais escuras, como marinho, marrom e vinho.

Defina o seu estilo. Tenho um jeito e personalidade mais modernos, mas costumo optar por roupas e acessórios mais clássicos. Gosto desse contraste. Me defino como um “novo clássico”.

Cinco itens indispensáveis no seu guarda-roupa. Um colete, peça coringa no armário masculino; uma bota de couro que, quanto mais usada, melhor; paletós e calças de lã fria com corte mais ajustado ao corpo; um tênis, sem se importar com a marca, mas sim com o estilo; e camiseta e camisa brancas básicas, mas bem cortadas e de qualidade.

1 Camisa da última coleção da marca com detalhe xadrez 2 Tênis da linha Alexander McQueen para Puma 3 Calça estampada da Lacoste L!VE 4 colete, item indispensável contra o frio 5 Poncho, aposta da Babel para a temporada 6 Gravatas coloridas e estampadas, um clássico da marca