Quatro ternos que todo homem deve ter

Como e quando usar cada um deles

ternos-homens

Terno é uma peça de roupa muito difícil de variar, levando em consideração que você não deve usar nenhum roxo, verde ou amarelo. Nada contra. O que se deve ter em mente, contudo, é que a variedade não é tão necessária assim. Tendo os quatro tipos de ternos essenciais, você estará preparado para qualquer situação.

O principal Um terno azul-marinho é o melhor que existe para todas as ocasiões. Também chamado de ‘coringa’, é o básico dos básicos, transitando bem entre o formal e o informal. Fica bom de dia e de noite, em ambientes internos e externos, seja em ocasiões solenes ou festas. O

Reserva de luxo O terno cinza claro é o primeiro lembrado quando se fala de eventos ao ar livre. De fato, ele confere uma elegância singular a quem está vestindo. Aliado com um óculos de sol, é a melhor escolha para cerimônias e eventos abertos. O segredo está em nunca utilizar um terno cinza claro com um tecido pesado, pois pode dar uma impressão de sufocamento. Escolha um de lã leve.

O terno listrado Sempre tome cuidado para não exagerar nas listras. É algo muito fácil de provocar erro. Elas devem ser discretas, com um leve brilho, e deve contrastar com o colarinho. Prefira os risca-de-giz, que estão sempre na moda. As listras verticais valorizam a pessoa. São melhores quando usados em ocasiões festivas à noite.

O xadrez E se há um terno para ocasiões alegres, esse é o terno xadrez. Ele é o mais informal de todos. Transmite bom-humor aos demais e ainda permite ser criativo com os padrões. O mais tradicional desse modelo é o príncipe-de-gales.