Depois da novela ‘Império’, é a vez de Juliana Boller na VIP

“Sou uma pessoa à moda antiga. A tecnologia não me compra e não me dou muito bem com ela", diz a fluminense de 28 anos, com rosto angelical e olhos azuis

Por Luiza Gil

Rosto angelical, cabelos loiros, olhos azuis, meiga e simpática. Ela é tudo isso. Por causa dessas características (mais o talento), Juliana Boller é integrante do elenco global. A recompensa para uma carreira pela qual ela optou na tenra idade de 6 anos. “Sempre ouvi da minha mãe que profissão tem de ser o que mais gostamos de fazer. Então não tive dificuldade para escolher, já que o que eu adorava era teatro”, conta Ju. Aos 28 anos, a fluminense de Petrópolis já participou de oito novelas. Em “Império”, seu último novela trabalho, interpretou Bianca, que viveu numa família diferente, com o pai (José Mayer) assumidamente homossexual.

Pessoalmente, Juliana diz que nasceu no século errado. “Sou uma pessoa à moda antiga. A tecnologia não me compra e não me dou muito bem com ela. As pessoas esqueceram que criamos ferramentas para nos libertar e não nos escravizar! Não gosto desse consumo exagerado de novidades.” Como boa moça “antiquada”, ela namora há quase dois anos e não sente nem um pouco falta da solteirice. “Gosto de ter um parceiro. A vida fica mais gostosa quando compartilhada com alguém que se ama.”