[Ensaio VIP] Deborah Secco, a colecionadora de suspiros

Capa da VIP pela primeira vez em 1999, a atriz volta para seu terceiro ensaio e garantimos: ela continua linda, sensual, divertida e de bem com a vida

Deborah1

 (Jorge Bispo/VIP)

Na praia de São Conrado, pelas lentes de Jorge Bispo e luzes do outono carioca, Deborah Secco matou em 2016 uma vontade adiada por dois anos. “Antes de engravidar eu já estava bem a fim de fazer fotos para a VIP”, diz.

O mais surpreendente é que ela não hesitou em pousar para nossas lentes apenas cinco meses após o nascimento de Maria Flor, sua única filha.

Ela vestiu o biquíni e, como sempre, fez a temperatura aumentar.

 (Jorge Bispo/VIP)

Deborah recuperou o corpão com impressionante rapidez graças a muita disciplina e a uma dieta especial. “Eu costumava malhar de manhã, sempre saía de casa com um aperto no coração. Hoje acabo fazendo os exercícios somente à noite. Mas depois que atingi o peso e a forma que eu queria relaxei totalmente (risos)”.

 (Jorge Bispo/VIP)

Um fato: a beleza que a maternidade confere a uma mulher pode ou não passar por critérios mais líricos e subjetivos do que visuais. No caso de Deborah Secco, porém, o acréscimo de encantos salta aos olhos.

 (Jorge Bispo/VIP)

Eleita a mulher mais sexy do mundo pelos leitores da revista em 2011, a atriz estava com saudade de mostrar aquilo que vocês podem ver neste ensaio — e que ela afirma ser “um personagem”. “Eu encaro como um trabalho artístico. É uma experiência divertida, que dá prazer”, explica.

Nos últimos meses a musa deixou a filhota em casa e voltou ao batente. Participou durante nove meses da série Malhação. 

 (Jorge Bispo/VIP)

Agora, a atriz deixou a trama juvenil e já foi confirmada para à próxima novela das 21hs da Rede Globo. Estamos falando de De Volta para Casa, escrita por João Emanuel Carneiro e com estreia prevista para o primeiro semestre de 2018.

Será a volta de Deborah ao horário mais nobre da TV após sete anos — sua última aparição foi em Insensato Coração (2011). 

 (Jorge Bispo/VIP)

No entanto, a moça parece ter gostado da experiência de ser mãe. Recentemente, declarou que deseja ter pelo menos mais um filho em breve.

Mais uma chance para dispensar as babás e se dedicar ao bebê. No caso dela, com uma ajudinha das avós — que aparecem regularmente em seu apartamento na Barra da Tijuca — e com o fundamental empenho do pai da criança, o modelo baiano (formado em engenharia) Hugo Moura.

 (Jorge Bispo/VIP)

Sobre o marido, dez anos mais jovem, garante ainda que essa década não afeta o relacionamento: “Não consigo ver difculdade alguma na nossa diferença de idade. Ele é muito mais maduro do que eu! Me acrescenta muito”.

 (Jorge Bispo/VIP)

A gravidez veio de surpresa, no segundo mês de namoro, e mesmo assim ela disse que ficou tranquila e confiante graças a ele. “Hugo me traz calma! Trouxe esse tempo, que não sei se é da Bahia… Me tirou a ansiedade — o que, pra mim, é um ideal de relacionamento.”

 (Jorge Bispo/VIP)

Mais: é categórica ao afirmar que a vida sexual depois da filha foi retomada sem maiores solavancos. “Graças a Deus não teve impacto! Impacto nenhum… A gente conseguia conciliar os momentos de casal com os cuidados da pequena”.

 (Jorge Bispo/VIP)

A menina, que começou na profissão aos 8 anos, deu o primeiro beijo em cena antes do primeiro beijo na vida real e fez cenas sensuais em novelas antes de iniciar a vida sexual.

 (Jorge Bispo/VIP)

Quando teve de abraçar a imagem como sex symbol, a partir de papéis na TV, dois ensaios nua para a revista PLAYBOY e filmes como Bruna Surfistinha, Deborah não hesitou.

 (Jorge Bispo/VIP)

Agora, como mãe, não vê com bons olhos a expressão “milf”, usada para descrever mães altamente desejáveis.

 (Jorge Bispo/VIP)

“Não gosto dessa nem de nenhuma outra categorização. A mulher de hoje não se deixa colocar em categorias. Sou mulher, mãe e ponto.” Com todo o respeito, Deborah é um grande ponto de exclamação!


Estilo: Gabi Comisa
Produção: Ana Morbach
Beleza: Everson Rocha
Assistente de Fotografia: Felipe Felizardo e João Pedro Januário
Tratamento de imagem: Marisa Tomas/CTI