[Ensaio VIP] Fernanda Lima, um caso íntimo

É na intimidade do lar que Fernanda Lima revela toda a sua sensualidade. Quer ver?

Fernanda Lima

(Ale de Souza/VIP)

Ela caminha para o banheiro, o cabelo está bagunçado, os olhos tentam se acostumar com a claridade, os lábios se abrem em um lento bocejar. Sem querer, a dança da alvorada deixa uma áurea sensual.

“Sexy não é a palavra certa para me descrever. Sensualidade, para mim, é me sentir confortável”, diz.

Naquele minuto, a casa é apenas dela: a família dorme e o silêncio é absoluto. Depois de escovar os dentes e tomar um copo d’água, Fernanda dedica a primeira hora da manhã para si. A ioga, ainda em jejum, a ajuda a esvaziar a mente e a ativar os músculos.

Fernanda Lima

(Ale de Souza/VIP)

Depois do banho, nenhum ritual de beleza. “Sou uma pessoa bem natural. É claro que gosto de me sentir bonita, mas o tempo me ensinou o que a minha vaidade necessita.”

Para se vestir, ela não precisa mais que uma calça jeans e uma camiseta. Assim, Fernanda está pronta para encarar o dia. É hora de acordar a família e tomarem o café da manhã juntos.

A rotina de compromissos dela é baseada quase que exclusivamente na dos filhos, os gêmeos João e Francisco, 8 anos. “Tanto que almoço supercedo, lá pelas 11 e meia, por causa do horário da escola deles. Só depois de levá-los é que começo a cumprir a minha agenda.”

O meio de transporte dela, sempre que possível, é a bicicleta.

Fernanda Lima

(Ale de Souza/VIP)

Às vésperas de estrear a décima temporada de Amor & Sexo, na TV Globo, ela está atribulada com produção, roteiro e gravações do programa. “Neste período, é mais fácil seguir uma regra de horários. Quando estou no ar é que fica uma loucura.”

Nos finais de semana, zero badalação. Se não for para um banho de mar ou uma partida de vôlei na praia, ficar em casa se torna prioridade.

“Eu sou caseira até demais e gosto desse ambiente familiar. Chamo uns amigos, fazemos churrasco, ouvimos música e curtimos o dia”, diz a gaúcha, que começou a carreira de modelo aos 14 anos, quando saiu da casa dos pais, em Porto Alegre, e foi morar na capital paulista. “Meu círculo de amizade no Rio é bastante restrito, diferente da vida que eu levava em São Paulo.”

Fernanda Lima

(Ale de Souza/VIP)

As fotos que estampam este ensaio foram outro momento intimista da apresentadora, clicadas no apartamento dela. Linda aos 40 anos, é na intimidade que Fernanda se mostra na essência. Mais intensa do que quando era uma jovem com vida paulistana.

Ela precisou de algumas temporadas de Amor & Sexo para que se sentisse confortável para falar sobre o tema. “Fiquei menos travada a partir do momento em que me apropriei do programa. Mas ainda existem alguns assuntos que são difíceis de tratar com tanta naturalidade.”

Fernanda Lima

(Ale de Souza/VIP)

Depois de anunciar o fim do programa em março de 2016, a produção voltou atrás e decidiu deixar o show mais uma temporada no ar em 2017. “Recebemos muitos pedidos por cartas e e-mails dos telespectadores. Até me abordavam na rua inconformados com o fim.”

Para ela, a receita do sucesso do programa é que o assunto agrega as pessoas, além de entreter e também educar. “Conseguimos atingir dos jovens aos mais velhos. Mesmo que os temas se repitam, temos como falar a mesma coisa mas de forma diferente. Então, por que não continuar?”

Fernanda Lima

(Ale de Souza/VIP)

Quando questionada se tanto repertório teórico mudou a forma como ela faz sexo, Fernanda ri. “Já recebi alguns apetrechos sexuais e os trouxe para casa, mas eu e o Rodrigo [Hilbert] somos meio old school.”

Ferramentas de sedução, para ela, se resumem a cumplicidade e conforto. “Não sou daquelas que investem em conjuntos de lingerie sensuais. Acho lindos, mas não são para mim. Uma vez eu ganhei um espartilho e tentei colocar a coisa em prática. Deu tanto trabalho vestir a cinta-liga que cortei as tirinhas e desisti.”

Fernanda Lima

(Ale de Souza/VIP)

Inclusive, se pudesse abolir uma peça do guarda-roupa, seria o sutiã. “A primeira coisa que eu faço quando chego em casa é tirá-lo. É libertador.”

Em compensação, o roupão de algodão é seu melhor companheiro para curtir um dia de folga, quando não tem visitas para receber. “Eu me maquio e me produzo só quando tenho um trabalho, uma foto ou uma festa. As pessoas, quando me encontram na rua, devem até se decepcionar. No dia a dia, eu não sou aquilo que se vê na tela.”

Fernanda Lima

(Ale de Souza/VIP)

O dia acaba cedo na residência com endereço no Leblon. “Depois que as crianças adormecem, umas 20 horas, eu e o Rodrigo vamos para o nosso quarto, e é lá que colocamos o assunto do dia. Falamos de trabalho, das pendências da casa, dos nossos sonhos e dos planos para o futuro”, diz a apresentadora.

Fernanda Lima

(Ale de Souza/VIP)

É também no quarto que Fernanda incrementa a vida sexual do casal, sem muitos planos mirabolantes. Velas e incenso acesos. “Eu adoro o meu quarto. A minha cama tem três travesseiros para cada um. É aquilo que eu falei: eu gosto de conforto.”

Agora o relógio marca 22 horas. Todos já caíram no sono. Boa noite, Fernanda.


Fotos e beleza: Ale de Souza
Estilo: Rodrigo Grunfeld e Ale Duprat
Produção de moda: Matheus Miranda e Marco Frige