[Ensaio VIP] Juliana Zanini, a definição de provocante

A modelo paulistana é romântica, adora tomar a iniciativa no sexo, não gosta de cara ciumento e curte de verdade fazer ensaio sensual

Juliana Zanini

 (Ester Mendes/VIP)

Desde cedo, Juliana Zanini teve de conviver com o lobby dos moradores de Taubaté, no interior de São Paulo, sua cidade natal, para que se tornasse modelo. “Já de criança falavam para minha mãe que eu era bonita e deveria ser modelo. Isso foi quase que imposto a mim”, conta.

Vieram as aulas de teatro, concursos de beleza e ela acabou, de fato, seguindo esse rumo.

Juliana Zanini

 (Ester Mendes/VIP)

Hoje, Juju venceu a timidez inicial em frente às câmeras e a maioria de seus trabalhos tem pegada sensual. “Tudo depende da maneira que você se porta. É possível ser sexy sem ser vulgar. Quando é sofisticado, sai muito bonito”, explica.

Em uma sociedade tão acostumada a se expor, ela é sempre cautelosa. “As pessoas se exibem demais. É preciso pensar se aquilo entrará a seu favor. Aí, tudo bem.”

Juliana Zanini

 (Ester Mendes/VIP)

    Mesmo após sair de um casamento de quatro anos, Juliana ainda se mostra  romântica. “Quando as pessoas se gostam, isso é mais importante que tudo. Você pode perfeitamente ter um grande amor sem casar.”

    Juliana Zanini

     (Ester Mendes/VIP)

    Mas alerta: os homens precisam dar mais atenção a suas mulheres do que à vaidade. “Alguns se cuidam tanto que exageram: se depilam, vão sempre para a academia… e se esquecem da mulher”, critica.

    Juliana Zanini

     (Ester Mendes/VIP)

    Para ela, muitos relacionamentos dão errado porque os homens, em sua maioria, se mostram controladores. Um pouco de ciúmes, ela faz questão de frisar, tudo bem.

    Juliana Zanini

     (Ester Mendes/VIP)

    Mas começa a exagerar e a coisa toda desanda… “Eles geralmente querem mandar no namoro. Para mim isso é errado. Se as mulheres tivessem mais controle da relação, talvez desse mais certo.”

    Juliana Zanini

     (Ester Mendes/VIP)

    E Juliana afirma que isso também vale para o sexo: “Essa história de que o homem tem que tomar a iniciativa não tem nada a ver. Vale tudo, desde que seja com alguém que você goste. Sexo de qualquer maneira é bom, mas com amor é sempre melhor”.