Astronauta da NASA volta à Terra após um ano: confira as imagens da viagem!

O americano Scott Kelly, que retornou ao planeta na última terça-feira (1), ficou mais de 340 dias na estação, batendo um recorde espacial.

 

Não importa a hora: segundo a própria NASA em um documento oficial, sempre há de três a seis membros a bordo da ISS (Estação Espacial Internacional). Em média, um astronauta passa três semanas em missões espaciais, sendo que o “recorde” até então era de Mike Lopez-Alegria, que havia passado 215 dias por lá. Por outro lado, o tempo de viagens ao espaço (fora da ISS) costuma variar, chegando até a ultrapassar a marca de 400 dias — como no caso do russo Valeri Polyakov.

Agora, o americano Scott Kelly (da NASA) e os cosmonautas (astronautas russos) Mikhail Kornienko e Sergey Volkov acabaram de bater esse incomum recorde, já que permaneceram mais de um ano no espaço e 340 dias na própria estação — sendo que o último membro ficou “somente” seis meses por lá. O trio aterrissou por volta das 11:26 p.m. (horário no local) na última terça-feira (1) de maneira segura no Cazaquistão, depois de mais de três horas de viagem desde a saída da estação espacial. Abaixo, os astronautas logo após a abertura da cápsula de transporte:

  Scott Kelly (esquerda) e o cosmonauta russo Mikhail Kornienko aproveitando ar fresco pela primeira vez em meses (Créditos: NASA)

Scott Kelly (esquerda) e o cosmonauta russo Mikhail Kornienko aproveitando ar fresco pela primeira vez em meses (Créditos: NASA) (/)

VEJA TAMBÉM:

Tanto Kelly quanto Kornienko e Volkov ficaram a maior parte do último dia espacial tirando medidas científicas e se preparando para a partida, despedindo-se enfim do restante da equipe — o americano Tim Kopra, o inglês Tim Peake e o russo Yuri Malenchenko — antes de entrar na nave espacial Soyuz TMA-18 e fechar a comporta às 4:43 p.m. (horário no local de aterrissagem). Antes da saída, contudo, passaram outras três horas colocando seus trajes, pressurizando a câmara e checando por vazamentos em seus respectivos equipamentos. Confira um dos modelos da Soyuz a seguir:

  Nave Soyuz TMA-19 (Créditos: Wikimedia)

Nave Soyuz TMA-19 (Créditos: Wikimedia) (/)