**LIXO**

indiana jones
Ilustração – Alexandre Jubran

1 > MULHER: caiu na rede é peixe
Vamos começar pelo principal: elas. Sabe esse tipo de cara superseletivo que fala ¿meu tipo são as loiras baixinhas entre 19 e 23 anos¿? É fresco. Aprenda com Indy: mulher é bom de qualquer jeito.

Indiana não perdoa nem franguinha. Pegou Marion Ravenwood menor de idade (filha do seu professor predileto, para piorar) e depois deu-lhe um belo pé na bunda. Atrás da Arca da Aliança, teve que ir ao Nepal pedir ajuda para a ex-namorada.¿

Engoliu um direto no queixo e a choradeira, ¿eu era uma criança apaixonada¿, ¿era errado e você sabia¿ etc. Quem dorme com criança acorda molhado.¿

Indiana soube conquistar Willie Scott, a interesseira cantora com quem vive as aventuras de O Templo da Perdição. Willie¿é cantora de cabaré e liberada. Provoca Indy, dizendo que está indo para a cama usando suas jóias e nada mais (ele: ¿Sou um cientista, nada me surpreende¿).¿

Desde o início a perua azucrina Indy, reclama, e deixa claro que seu negócio é grana. Mas Indiana sabe que o melhor caminho para a cama de uma mulher é o estômago.¿

Após a faminta Willie recusar aquele banquete com cérebro de macaco, Indy seduz a gata com uma¿ maçã. Mas Willie não era nada perto da louraça nazista Elsa.¿

Aprenda com o herói: cuidado com mulheres rápidas. Assim que conheceu a loira, ele tomou tiro, quase foi incinerado e por pouco não morreu afogado. Claro que tudo era fingimento dela para conseguir chegar ao Santo Graal.¿

Cuidado: se ela está te levando para a cama rápido demais, quer alguma coisa de você ¿ ou pode ser uma espiã nazista.¿

Finalmente, Indy ensina você a fazer as pazes, independente do quanto você tenha pisado na bola: não tenha vergonha de pedir desculpas tantas vezes quanto necessário.¿

Dez anos depois de dispensar Marion, ele limpou a barra se humilhando: ¿Marion, já pedi desculpas um monte de vezes¿. Marion: ¿Pois peça de novo!¿. Indy: ¿Desculpe¿.

2 > DEFINA o que você quer da vida¿
Fora as garotas, Indiana Jones confessa do que realmente está atrás em O Templo da Perdição: ¿Fortuna e glória!¿. Para isso, ele é capaz de tudo: mentir, roubar, matar. Chega a trocar as valiosas cinzas de um imperador por um diamante.¿

Fortuna e glória é justamente o que a posse da pedra Sankara garante para quem a possuir. Indiana vai atrás dela com tudo. Mas a ganância tem um preço muito alto e nosso herói acaba abrindo mão da rocha para salvar um bando de criancinhas escravizadas.¿

A mocinha mesquinha cobra Indy. Diz que ele podia ter toda a fortuna e glória com que sonhava se tivesse mantido a rocha de Sankara. O herói se consola retrucando uma frase de efeito: ¿Não, ia só ser outra pedra empoeirando num museu¿.¿

Mas está bem chateado. No ano seguinte (pela a ordem cronólogica das aventuras), Indiana de novo ia abrir mão de um tesouro: a Arca da Aliança. No final do filme, aponta uma bazuca para os nazistas que estão com a arca e Marion e diz: ¿Só quero a mulher¿.¿

Macho de respeito é assim: sacrifica tudo por fortuna e glória ¿ menos fazer o bem e conquistar a garota.

3 > Seja feliz no TRABALHO
Para poder ser Indiana, nosso herói precisa ser também o Dr. Jones e manter um emprego. E todo emprego tem um lado mala.¿

No caso dele, gasta um tempão tentando convencer jovenzinhas a se interessar por arqueologia, precisa corrigir provas, fazer relatórios para o Barnett College etc. Aquela vidinha burocrática de professor.¿

O lado bom é que seu emprego permite que ele se aventure pelo mundo em busca de tesouros sobrenaturais, com direito a um belo bônus de vez em quando. Sim, Indiana não trabalha só por amor à ciência não.¿

Desde o início, é bem claro que, para cada artefato arqueológico recuperado, Indy leva uma grana. Fora que ele some meses a fio e não leva o bilhete azul.

¿ O grande ensinamento de Indiana: escolha o chefe certo. Basicamente, um que perceba no que você é realmente bom e releve suas fraquezas.¿

Ele acertou na mosca indo trabalhar para Marcus Brody, apaixonado pelas mesmas coisas que Indy e velho amigo de seu pai.¿

Arrume um chefe que cubra suas escapadas e pague bônus gordos por performance, e nunca mais procure emprego.

Amanhã, três novas lições de Indiana para você ser um macho de respeito