Macacão da primeira vitória de Senna em Mônaco vai a leilão

Peça é da temporada de 1987, quando o brasileiro ainda corria pela Lotus

Ayrton Senna

 (RM Sotheby's/Divulgação)

O Grande Prêmio de Mônaco é a mais tradicional prova da Fórmula 1.

No calendário desde a década 1950, o principado viu verdadeiros gênios dominarem os 3.337 metros de extensão de sua pista. Jackie Stewart, Graham Hill, Fangio, Niki Lauda, Alain Prost, M.Schumacher, Lewis Hamilton, a lista vai longe.

Mas nenhum teve mais sucesso que Ayrton Senna. O brasileiro, entre o final da década de 80 e começo da de 90, teve tantas vitórias nesse circuito de rua que praticamente tornou-se um cidadão de Monte Carlo. 

Ayrton Senna

 (Instituto Ayrton Senna/Divulgação)

No total foram seis troféus de primeiro lugar — ainda não superado. O primeiro veio em 1987, pela Lotus. Um pódio lembrado pela festa de arromba. Senna quebrou o protocolo e jogou champanhe na família real de Mônaco.

O príncipe Rainier III ficou ensopado e não teve opção, entrou na comemoração. 

Ayrton Senna

 (Instituto Ayrton Senna/Divulgação)

Agora, a famosa casa de leilão canadense RM Sotherbys anunciou que o macacão usado por Senna nesse dia histórico será leiloado —  dia 12 de maio. 

Com o mesmo uniforme, o piloto emplacou outra vitória (EUA) e mais seis pódios (San Marino, Inglaterra, Alemanha, Hungria, Itália e Japão).

Interessado? A RM Sotheby’s não divulgou valor estimado, tampouco estipulou um preço de reserva, o que significa que a casa de leilões espera uma boa disputa de lances pela preciosidade.

Ayrton Senna

 (RM Sotheby's/Divulgação)

Se serve de referência, em 2014, um macacão usado por Senna em 1991, sem identificação de uso (em prova ou treinos ou ações promocionais, e também sem autógrafo, foi vendido por 55.000 euros. Não espere que este de Mônaco autografado saia por menos que isso.

Um certificado de autenticidade acompanha a peça. Ele atesta que o traje foi inicialmente dada ao irmão do fisioterapeuta de Ayrton, como presente, depois vendido no Canadá e na sequência adquirida por uma galeria de Mônaco, local onde permanece até os dias atuais.

Para acompanhar de perto a negociação desse lote, clique aqui.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você