Os sete erros do Carnaval

Carnaval não é época em que se bebe pouco, mas eu vou deixar para as mães os conselhos do tipo “pegue leve”. Agora, dá para escapar de algumas armadilhas que a ocasião arma para o seu pobre fígado. A ver:

1) Tomar a caipirosca mais barata de todas…
…porque você sabe (mas finge que não sabe) que o gente-fina da barraquinha de bebidas está usando a pior vodca disponível no mercado. As consequências você conhece.

2) Comprar uísque de ambulante…
…porque você vai ter sorte se for servido algo remotamente parecido com uísque. O conteúdo dessas garrafas costuma ser cachaça de qualidade lamentável com corante. E as consequências são ainda mais nefastas que as do erro no 1.


3)
Tomar piadas líquidas…
…porque bêbado é uma merda. Bebe duas doses e já
quer experimentar co nhaque goiano, tequila amazonense,
batida com nome de posição sexual ou cachaça que tenha
as palavras “corno”, “bunda” ou “veado” estampadas no rótulo.

4) Açúcar é o capeta …
…porque faz drinques à base de querosene parecerem suquinho. Se você preza o seu fígado e a sua c abeç a, fique longe de qualquer coisa que leve leite condensado, chocolate ou mel.

5) Comprar pela garrafa…
…porque sai mais barato que comprar doses individuais, mas aumenta as chances de você passar do limite e só beijar a garrafa durante a noite inteira. O desastre é maior se o conteúdo da garrafa for capeta, diabo ou qualquer entidade etílico-sobrenatural.

6) Levar aquele single malt 21 anos para a avenida…
…porque não, isso não atrai mulher. É mais provável que a sua bebida caríssima seja compartilhada com uns gorduchos suados usando máscara de Obama.

7) Chamar urubu de meu louro…
…porque você é quem cata a mulher mais feia do bloco/salão, e quem leva a culpa é a coitada da cachaça.

Como beber, então? O ideal é ficar na cerveja, já que não dá para confiar nos destilados de tendas e carrinhos. Se quiser tomar algo especial, faça-o em casa, antes de sair.

TEQUILA DO MÊS
Cuervo Black Medallion 40% de álcool, R$ 65 (preço médio).
O contrarrótulo desta tequila escura (de envelhecimento em
barril e adição de caramelo) recomenda misturar com Coca-Cola,
gelo e limão. E não é que o tal méxico libre desce fácil quedá medo?
Melhor assim: pura, ela é agressiva demais.

 

ESPECIAL CARNAVAL
Selecione aqui Especial Carnaval Calendário das micaretas Duelo de Titãs Jhenny no samba Os erros do Carnaval 24 horas na praia! Pouca roupa, muito estilo O teste das camisinhas