“Vivemos tempos de conservadorismo e liberdade”, diz Lázaro Ramos

Capa da edição de fevereiro, ele está escrevendo quatro livros, se prepara para estrear Mister Brau, apresenta o talk show mais longevo da TV. E tem mais...

 (Fred Othero/Revista VIP)

Quando tinha 15 anos, Lázaro Ramos era um rapaz tímido, de fala pouca, um tanto acabrunhado. Não que lhe faltassem pensamentos. Pelo contrário. Pensava era demais.

Era 2004, e Lázaro comprou uma agenda. Deu-se o mesmo em 2005, 2006, 2007, 2008… até 2018.

Em cada uma delas, escreveu projetos – de filmes, programas de TV, livros e peças, entre outros –, listou autores e obras que desejava ler, registrou temas e conceitos que pretendia estudar e, por fim, anotou alguns objetivos pessoais.

“Como é que eu explico isso sem parecer que eu sou doido?”, pergunta, rindo, para emendar a resposta, veloz, logo em seguida: “Vamos lá. Sempre fui muito tímido, e a cabeça cheia de coisa. Cheia, muito cheia. Às vezes estava num lugar, olhando para o nada e pensando sem parar. Aí, na adolescência, comecei a anotar loucuras. Usava guardanapo, pedaço de papel… Não havia celular, e quando chegava em casa, eu tinha aquele monte de papel. Às vezes nem eu entendia… Na verdade, eu tinha dificuldade de comunicação. Sempre tive dificuldade de falar as coisas que estavam na minha cabeça”.

 (Fred Othero/Revista VIP)

Hoje, parte das agendas que organizaram seus incontáveis planos desde a juventude está no apartamento onde vive, no Rio.

Outra parte ficou guardada na casa do pai, na Bahia. Em comum, todas têm uma lista inicial, a que Lázaro se dedica sempre no 1º de janeiro de cada ano.

A de 2018, recém-escrita, inclui a palavra “foco” (“No sentido de eleger prioridades”, ele explica), seguida por “simultaneidade” (“Vivemos tempos de conservadorismo e liberdade ao mesmo tempo, e essa simultaneidade me instiga, é algo que quero estudar”, diz).

Estão lá também as metas de ter mais tempo para a família e mais momentos de lazer.

 (Fred Othero/Revista VIP)

Vamos a uma tentativa resumida de seus atuais trabalhos. Tome fôlego, leitor.

Aos 39 anos, ator, diretor e roteirista – alterna tais funções na TV, no cinema e no teatro –, ele também é escritor.

Seu livro Na Minha Pele, lançado em 2017 pela Companhia das Letras, foi o mais vendido da Flip do ano passado e figurou no ranking de best-sellers nacionais também fora da festa literária de Paraty.

Lázaro tomou gosto pela escrita e agora diz que está trabalhando em três livros infantis, além de outra obra sobre paternidade, tudo ao mesmo tempo.

Não bastasse, sua carreira na TV está no auge. Como ator, estrela Mister Brau, ao lado de Taís Araújo, sua mulher.

Os dois são um casal também na tela e, no ano passado, na trama, decidiram adotar filhos. O elenco cresceu junto com a audiência, e a quarta temporada está garantida para ir ao ar em abril, na Globo.

A emissora, aliás, “promoveu” seu outro trabalho no canal, Lazinho com Você, do horário da tarde para o noturno.

A mudança foi um upgrade comemorado pelo ator – a noite é tida como o mais nobre horário na grade da televisão aberta.

Lázaro, como não?, também tem presença na TV por assinatura – e há muito tempo. O ator comanda um dos talk shows mais longevos da televisão brasileira.

Trata-se de Espelho, exibido desde 2005 no Canal Brasil e que, neste ano, entra na 12ª temporada. Nos 13 anos do programa, calcula-se que ele tenha entrevistado 300 convidados, de artistas a políticos.

Veja a entrevista completa na edição de fevereiro da VIP, que também tem:

 (Fred Othero/Revista VIP)

 

E mais:

  • Estilo: Peças leves, inspiradas na velha guarda do samba.
  • Papo Reto: Jefferson Rueda luta por uma alta gastronomia inclusiva.
  • O novo CEO: quem é o o que faz o jovem líder empresarial.
  • Ainda é verão: praias e rios para praticar Stand Up Paddle .

Fotos | Fred Othero 
Styling | Cuca Ellias
Beleza | Mary Saavedra
Assistência de Fotografia | Diego Lima