8 alimentos que parecem ótimos para saúde, mas não são tão perfeitos assim!

Fique atento às escolhas do mercado e garanta uma alimentação mais saudável (de verdade)

Você vai às compras e enche o carrinho de produtos light, ou seja, super saudáveis. Na lista, tudo que ostenta a palavra INTEGRAL, legumes em conserva e suco light. Pronto! Dessa maneira você garante uma alimentação regrada e ainda elimina a pança. Certo? Errado! Muitos alimentos que possuem poucas calorias tem toda a pinta de serem boas opções, mas nem sempre é isso que acontece. Então, para nossa vida no mercado ficar mais simples (e saudável de verdade), a VIP pediu a ajuda da nutricionista Paula Castilho, de São Paulo, e listou 8 alimentos que não são tão “perfeitos” quanto pareceme algumas dicas para se dar bem nas escolhas:

Peito de peru – O peito de peru é muito escolhido para compor dietas por conter baixo teor de gordura, mas o que muitas pessoas não sabem é que ele, além de conter muito sódio, possui nitritos e nitratos – conservantes prejudiciais à saúde.

Pão integral – Existem no mercado pães integrais ótimos com 100% farinha integral, sem açúcar refinado. Mas é de total importância tomar cuidado nos ingredientes dos pães. Muitos têm em sua composição mais farinha refinada do que farinha integral, baixa quantidade de fibras e grande quantidade de açúcar refinado. Quer uma dica? Preste atenção nos ingredientes. “É importante ressaltar que a lista de ingredientes é em ordem decrescente. O primeiro ingrediente é aquele que está em maior quantidade no produto e o último, em menor quantidade, por isso a farinha integral deve ser o primeiro alimento listado”, explica Paula. Lembre-se que a mesma regra vale para, por exemplo, as bolachas integrais.

VEJA TAMBÉM:

Barra de cereal – Existem muitas barras de cereais que são consideradas adequadas, como as opções sem glúten e sem lactose, que contêm mais oleaginosas e cereais como chia, quinua, amaranto. Muitas barrinhas, no entanto, contêm grande quantidade de gordura saturada, açúcar e corantes. ” Mais uma vez, o segredo é analisar os rótulos e os ingredientes que compõe os alimentos”, diz a nutricionista.

//giphy.com/embed/l2JHUZY4AbeSVWMOA

Sucos light de frutas – A quantidade de adoçantes presentes nos sucos artificiais é grande. Alguns adoçantes (ciclamato, sacarina) têm níveis altos de sódio. O ideal é sempre pensar nos benefícios que os alimentos irão proporcionar ao nosso organismo. É interessante que os sucos de frutas contenham fibras, o que não acontece com a maioria dos sucos em pó light. Ou seja: nunca é uma boa ideia substituir o suco de frutas natural pelo suco de saquinho.

Suco de soja – A soja para as mulheres é bacana por conter isoflavona – composto da soja, também chamado de fitoestrogênio, sua estrutura química é semelhante ao estrógeno, melhorando o equilíbrio desse hormônio. Mas o assunto muda um pouco quando são os homens que tomam muito suco de soja. “Para homens e crianças pode ser prejudicial justamente pelo mesmo motivo. Homens devem evitar soja, pois no organismo o fitoestrogênio se transforma em estrógeno (hormônio feminino), baixando os níveis de testosterona. Já as crianças, podem entrar na puberdade precocemente por causa deste componente da soja”, explica Paula.. Além disso, os sucos de soja contêm significativas quantidades sódio e açúcar.

Legumes em conserva – As opções in natura são ótimas por serem ricas em fibras, mas os legumes em conserva acabam tendo grande quantidade de sódio, podendo ser prejudiciais à saúde.

//giphy.com/embed/Qang5oDUZEFW

Requeijão – Costuma ser um dos mais escolhidos quando o assunto é reeducação alimentar. Mas deve-se ter cautela no uso, pois possui grande quantidade de gordura saturada. Ou seja, nada de lotar o sanduíche de requeijão e achar que está tudo sob controle.

Molhos prontos para salada – Consumir salada é supersaudável. Ok, você já está cansado de ouvir isso, né? Mas o ideal é evitar a colocação de molhos prontos e industrializados, pois contêm grandes quantidades de conservantes, gordura e sódio. Afinal, já que é para investir no verde, que seja da melhor maneira possível!