Deu muita agonia? Você pode ter TOC

Sabe aquele costume de conferir várias vezes se trancou a porta do carro? Pode não ser tão inofensivo assim 

Por Adriana Fernandez

Você está de saída e volta para checar se trancou a porta ou desligou o fogão? Isso é normal, já que no dia a dia costumamos fazer algumas atividades de forma automática. O problema é quando atos comuns são repetidos várias vezes e consomem tanto tempo da pessoa que fazem, por exemplo, com que ela perca um compromisso.

Quando isso acontece, pode ser um sinal de transtorno obsessivo compulsivo, ou TOC. “Trata-se de um transtorno psiquiátrico de ansiedade, que tem como principal característica pensamentos recorrentes, ideias e imagens que invadem a mente da pessoa, independentemente de sua vontade”, explica Francisco Fialho Durante, psicólogo da rede de hospitais São Camilo, na capital paulista.

VEJA TAMBÉM:

A única maneira de a pessoa se livrar dessa ansiedade é realizando um ritual próprio, seguindo regras e etapas preestabelecidas. O portador do mal acredita que algo terrível pode acontecer caso não cumpra a rotina, explica Ivan Morão, chefe do serviço de psiquiatria dos hospitais São Luiz, de São Paulo. O TOC ocorre com homens e mulheres em igual proporção. E tanto fatores psicológicos como histórico familiar estão entre as possíveis causas dessa alteração – além de genética, ainda sendo estudada. Para tratar é preciso ajuda profissional. Ele indicará medicamentos e psicoterapia.

Mas como saber se não é apenas uma mania? A diferenciação entre os dois baseia-se na intensidade, duração, frequência e, principalmente, no prejuízo que determinada atitude provoca na vida cotidiana do paciente. Confira no quadro ao lado ações comuns que podem indicar TOC.

1 Necessidade de guardar objetos inúteis por achar que terão serventia no futuro

2 Verificar se a porta está trancada ou se ferro, gás e fogão estão desligados várias vezes seguidas

3 Checar repetidamente o que leu ou escreveu para ter certeza de que o fez corretamente

4 Não usar determinadas cores ou evitar números com medo de ocorrer algo ruim

5 Lavar as mãos várias vezes ao dia

6 Evitar encostar em pessoas ou objetos por medo de contaminação

7 Organizar objetos em uma determinada ordem, perdendo horas com essa atividade

8 Durante o banho, lavar cada parte do corpo várias vezes ou em sequência específica

9 Precisar de simetria. Exemplo: se esbarrar com o ombro esquerdo na parede, ter que fazer a mesma coisa com o direito

10 Rezar várias vezes para evitar acontecimentos desagradáveis

11 Acreditar que está com doença grave, mesmo que médicos e exames provem o contrário