Mitos e verdades: prótese peniana aumenta o tamanho do pênis?

Desmistificamos um time de lendas urbanas e botamos um pouco de paz na "cabeça" de quem está precisando

Homem e mulher cama

 (qqtdd/Pinterest/Revista VIP)

A crença popular sobre o tamanho do pênis diz que quanto maior o “garoto”, mais prazer a mulher sentirá. Esse lado fantasioso faz com que alguns busquem por passes mágicos para aumentar a estatura do seu atacante.

Dentre elas, a clássica prótese peniana, divulgada aos montes em anúncios chamativos por toda internet.

Para desmistificar muita lorota em torno desse recurso lançamos um Mito & Verdade rápido, mas que pode salvar seu companheiro de uma broxada permanente. 

 

A implementação de uma prótese no pênis não é estética

VERDADE Apesar de impactar positivamente nesse aspecto, sua função é oferecer rigidez para o ato sexual.

Ou seja, ela é recomendada para pacientes com problemas na funcionalidade do pênis.

A falta de firmeza no membro pode estar relacionada à dificuldade de manter o pênis ereto ou, em alguns casos mais raros, à própria anatomia do membro.

 

É possível aumentar o tamanho do pênis com a prótese

MITO A prótese não aumenta, mas pode restaurar o tamanho original do pênis. Alguns problemas de saúde, como a Doença de Peyronie podem levar a perda de medidas do órgão.

Normalmente esse diagnósticos está ligado, também, à disfunção erétil. A simples colocação da prótese vai resolver o problema de ereção, porém não vai recuperar o tamanho peniano.

Para isso, no mesmo procedimento cirúrgico é feita a reconstrução do pênis, com a Técnica Egydio, para alongar o maior tamanho e diâmetro possível.

É a expansão dos tecidos do pênis, e não a prótese, que vai trazer o tamanho e calibre de volta. E o limite deste aumento está ligado às características de cada paciente, ao comprimento da uretra e do feixe de nervos que passa ao longo do pênis.

 

É trabalhoso colocar a prótese no modo de “repouso” 

MITO As próteses penianas mais utilizadas são as maleáveis e as infláveis, e ambas solucionam o problema de ereção.

Alguns homens têm dúvidas sobre a aparência que a prótese peniana vai causar, mas não se preocupe, os dois modelos permitem acomodar o pênis na posição de repouso.

O implante é composto por dois cilindros inseridos nos corpos cavernosos, as estruturas internas do pênis que se enchem de sangue e promovem a ereção. São eles que vão oferecer a resistência que o pênis precisa para o ato sexual.

As próteses maleáveis consistem em duas hastes de silicone, semirrígidas, que podem ser manuseadas na hora do sexo para dar direcionamento na penetração.

Já as infláveis funcionam por meio de um bombeamento no escroto, que precisa ser pressionado algumas vezes para o enchimento dos cilindros. 
 

 
A prótese diminui a sensibilidade do pênis e o prazer da ejaculação

MITO O segredo aqui está no procedimento médico. O implante ocupa uma pequena parte dos corpos cavernosos no interior no pênis, onde está o tecido esponjoso.

O cuidado necessário no momento do implante é com a preservação desse tecido, pois ele é o responsável por manter a sensibilidade, a capacidade de orgasmo, a ejaculação, além de fazer o enchimento residual no momento da relação, mediante estímulo sexual.

 

Um urologista precisa aprovar o uso de uma prótese

VERDADE Ele é o profissional mais indicado para analisar esse tipo de quadro e indicar um processo de cura. 

Caso você tenha algum problema de ereção, bom que se diga, o implante não é a única solução. Há outros métodos para esse tratamento. 


*Fonte: Paulo Egydio, doutor em Urologia pela USP e referência mundial no tratamento da Doença de Peyronie, pênis curvo e implante de próteses penianas.

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você