Os tipos de homem (na cama) mais odiados e amados pelas mulheres

Faça o teste e veja em qual perfil você se encaixa

 (Pixabay/Reprodução)

Cada homem é único e cada transa também. Não dá para generalizar a sua performance, mas dá para tirar uma média.

Listo aqui os tipos mais amados e os mais odiados na cama. Leia e avalie – com honestidade – em qual você se encaixa. É possível que tenha começado bem, mas tenha desandado.

Ou que se encaixe no tipo odiado logo de cara. De qualquer maneira, sempre dá para melhorar e mudar de lado: afinal, dizem que amor e ódio estão ali, juntinhos, não é?

 

OS MAIS ODIADOS

 (Pixabay/Divulgação)

1. O preguiçoso

Há vários tipos de preguiçosos: os que não fazem sexo oral, os que não se empenham em desvendar o corpo feminino, os que não falam nada durante o sexo, os que não se interessam pelo assunto, os que dizem: “Para que motel se a gente tem cama em casa?!”,os que não têm paciência para um denguinho depois, os que seguem aquele roteirinho chinfrim sempre igual e até os que comem ou bebem demais e não têm forças para transar.

Um pouco de preguiça de vez em quando vá lá, mas ser um preguiçoso de carteirinha é pecado capital.

 

2. O limpinho

Nós, mulheres, adoramos homens cheirosos e que demonstram higiene e cuidado. Mas tem hora que não dá para esperar você ir tomar banho para transar!

Se a cena sexual está quente, se joga, meu amigo! Homem que não beija tudo, não lambe, não cospe, não enfia o dedo, que nunca faz sexo com mulher menstruada e que ainda por cima sai correndo para tomar banho assim que gozou esfria qualquer mulher – a não ser que ela seja também do tipo obcecada por limpeza e meio nojentinha.

Sexo bom é sexo lambuzado!

 

OS MAIS AMADOS

 (Pxhere/Reprodução)

1. O íntimo

Não adianta você ter todas as técnicas do planeta, se achar o máximo, ter um corpo escultural e um pênis delicioso: mais do que tudo isso, nós gostamos é de intimidade.

Sabe essa coisa de avançar nas conversas, investigar as preferências, testar aos poucos a capacidade feminina de se entregar?

Deixar seu orgasmo para uma próxima, porque a moça está cansada, é sinal de que terão uma próxima – e de que você não se prende às convenções e sabe respeitar o timing dela.

Ser íntimo não significa necessariamente que terá de casar com a gata: os grandes amigos para o sexo geralmente são aqueles que deixam a mulher à vontade, são espontâneos, bem humorados e que gostam, além de transar, de compartilhar ideias, carinhos e confidências. Intimidade requer reciprocidade e troca.

Seja viril e gentil. Treine!

 

2. O criativo

Nós amamos homens criativos, que saem do lugar comum e fazem da transa cenas de um curta-metragem.

Não é necessário se vestir de Tarzan, mas é importante ler revistas femininas, ler os livros eróticos da moda, assistir aos programas de TV, se inteirar do assunto da sexualidade feminina e até ser bem amigo do melhor amigo gay da sua mulher.

Você que está aqui lendo esta coluna já ganhou pontos! O mais importante é saber conduzir a mulher para que ela se abra e conte suas fantasias sexuais.

Depois, é só fomentar a cena, pode ser descrevendo o que quer fazer verbalmente ou até fingindo ser quem não é.

Nós podemos até estranhar, rir de nervoso, mas nunca vamos achá-lo um ridículo. Pelo contrário: seja um doce sacana curioso que você será amado até o final de seus dias. Vai por mim.

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você