Pesquisa revela número de parceiros sexuais ao longo da vida

Estudo que analisou 2 mil americanos e europeus, encontrou a média — e o número é menor do que você imagina

(Pixabay/Divulgação)

Estudo conduzido pela SuperDrug, marca inglesa de cosméticos, entrevistou cerca de 2 mil pessoas dos Estados Unidos e da Europa sobre os hábito sexuais delas e encontrou uma média numérica dos parceiros que elas tiveram ao longo da vida.

O resultado surpreendeu: é bem menos do que a gente imagina. Acredite, a média é de sete parceiros para mulheres, enquanto para os homens, seis.

Apesar de parecer pouco este número é o “ideal” para muitos americanos: os participantes classificaram como “sete” sendo o número perfeito.

Saiba mais nos infográficos abaixo:

Média por país

parceiros sexuais 1

(Reprodução/Tradução por Allan Francisco/Fonte padrão)

Quem mente mais?

parceiros sexuais 2

(Reprodução/Tradução por Allan Francisco/Fonte padrão)

Porcentagem diagnosticada com alguma DST

parceiros sexuais 3

(Reprodução/Tradução por Allan Francisco/Fonte padrão)

Sobre a estatística brasileira, não há dados recentes. A última pesquisa, feita em 2010, indica que nós ficamos bem acima da média: no Brasil, as pessoas têm 12 parceiros ao longo da vida, contra a média de 10 parceiros nos países da América Latina.

Curiosamente, de acordo com a pesquisa, apenas 67,4% das mulheres e 58,6% dos homens admitiram falar a verdade ao serem questionados.

“Quando questionados sobre detalhes de parceiros, homens tendem a aumentar o número, enquanto as mulheres costumam abaixar um pouco esta média”.

Mas não se apegue a um limite considerado “normal”. Valor não deve contar pela quantidade de pessoas com que faz sexo.