Comportamento, Sexo

Sapiosexual: 6 sinais de que você é tarado pela inteligência de uma mulher

(Pxhere/Reprodução)

Quando você pensa na beleza física de alguém, você provavelmente sente a maneira convencional de atração.

Porém, para que o interesse se torne um relacionamento é preciso de bem mais do que só uma troca de olhares e uma boa impressão.

Relacionamentos saudáveis e felizes tendem a criar, entre os parceiros, uma admiração além da beleza.

Em alguns casos, a coisa é até mais extrema.

Ao contrário da maioria, algumas pessoas enxergam “mais com o cérebro do que com os olhos”.

Nesse caso, quando a inteligência da pessoa vale mais do que o rostinho bonitinho, chamamos de sapiosexual.

No entanto, não surte.

Isso não significa que não nos sentimos atraídos por outras partes do corpo (e pelo próprio sexo), só é uma forma que nossa mente cria um ranking de preferências.

Com essa característica, levamos o lado intelectual mais em conta do que outros fatores para definir atratividade.

É basicamente uma “tara” por pessoas mais inteligentes.

E juntamos alguns sinais para você descobrir se você é desse clube.

 

 

1. Você se sente mais atraído pelas pessoas ao longo do tempo

(Pixabay/Reprodução)

De acordo com a psicóloga Nikki Martinez, conforme vamos amadurecendo o contato ou a relação, muitas vezes começamos a ver mais e mais qualidades da pessoa.

“Quando a pessoa começa a cativar pela maneira que vive, fala e demonstra confiança é um sinal claro de sapiosexualidade”, conta.

Ao contrário da tendência de enjoar da relação após um tempo, os sapiosexuais não são sensíveis à rotina, mas ao nível de intelectualidade que cresce ou diminui à medida que a intimidade cresce.

Talvez isso seja bom, já que dificilmente a mesmice estraga o clima.

 

2. Você prefere uma longa conversa a contato físico

(Pixabay/Reprodução)

Sentir prazer por uma conversa longa e interessante, de varar a noite, é sem dúvida algo raro.

Mas quando o sentimento é literalmente de tesão, a ponto de ganhar do sexo, talvez isso seja um sinal da “tara” mental.

“Isso acontece quando há uma preferência por um bate papo, em vez de uma sessão de ‘pegação’. Nesse caso, é importante ser franco para equilibrar contato intelectual com estímulos físicos, para satisfazer os dois”, conta Martinez.

Vale lembrar: isso não significa que essa longa prosa não possa terminar na cama.

 

3. Você se atrai mais pelo “ser” do que pelo “ter”

(Pixabay/Reprodução)

Carros, mansões, relógios, roupas impecáveis? Nada disso.

Se você sente mais frio na barriga por uma frase bem dita ou por uma pequena aulinha particular sobre cultura asteca, sua sexualidade seja pautada pelos neurônios.

“Status e finanças estão embaixo na lista de objetivos. O sapiosexual não procura por narcisistas, mas por conhecimento, aprendizado e discussão”.

 

4. Você não tolera erros gramaticais

(Huffington Post/Reprodução)

Reparar na maneira como a pessoa se expressa  é bastante comum.

Ao menos que se torne obsessivo.

Segundo o psicólogo Paul DePompo, quem tem essa classificação sexual não consegue se relacionar com alguém que tenha comportamentos não inteligentes.

“Você é sapiosexual quando não só aprecia a outra pessoa falando bem, mas também quando a vê soletrando palavras, fazendo bom uso da gramática, resumindo trechos de forma inteligente”, diz.

 

5. Você tem mais chance de “lapidar um diamante”

(YouTube/Reprodução)

Sapiosexuais são mais apegados ao longo prazo do que aos momentos iniciais.

Por isso, levam em conta cada detalhe (inteligente, claro) que vier à tona conforme a intimidade for crescendo.

Essa forma de enxergar o outro leva a muito diálogo, o que pode fazer a pessoa crescer intelectualmente.

“Há um interesse de ouvir o que é dito, mantendo um estímulo emocional sempre crescente”.

 

6. Você fica excitado com várias formas de conhecimento

(Pxhere/Reprodução)

“Um verdadeiro sapiosexual ama saber. Quanto mais estiver cercado de conhecimento, do dia a dia a referências difíceis, melhor”, explica DePompo.

Ainda que não seja preciso ter alguém com traços de genialidade, é sim necessário se manter alimentado por estímulos e informações quase sempre.

Isso pode ser crucial para iniciar a atividade sexual.

Caso você veja que uma curiosidade histórica ou uma citação poética fez a pessoa mostrar “aquela cara”, já saiba do que se trata.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você